Cultura Destaques Notícias

Valsa com o Coletivo Casa 4

Jovens praticantes do ritmo se unem aos artistas do grupo independente, que realiza intercâmbio cultural. As inscrições para aulas online e gratuitas podem ser feitas a partir do dia 13. O projeto foi selecionado pelo Prêmio Jorge Portugal, com recursos da Lei Aldir Blanc

Coletivo Casa 4 realiza projeto de intercâmbio, com aulas online e gratuitas

Que tal reunir dançarinos e pesquisadores da valsa, um dos ritmos mais tradicionais do mundo, com jovens talentosos e irreverentes? Complicado? Pois, saibam, praticantes da valsa da cidade de Salvador estão colados com os membros do Coletivo Casa 4, em um projeto que oferecerá aulas gratuitas e online, em um intercâmbio artístico-cultural que começa no próximo dia 18, seguindo até abril. As inscrições podem ser feitas a partir desta quarta-feira, 13.

Com oficinas e debates, o projeto Casa 4 pelos 4 cantos de Salvador conta com o apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), tendo sido selecionado pela comissão julgadora do Prêmio Jorge Portugal, para receber recursos da Lei Aldir Blanc.

Programação – A valsa, dança executada em par, é tema de uma maratona de aulas abertas ao público, que segue até o dia 5 de abril e que vai gerar, em seguida, a finalização de 12 vídeos-dança gravados com os participantes. O projeto acontece em oficinas de qualificação artística, lives e bate-papos, com a presença de profissionais do Casa 4, do Grupo de Valsa Amor Eterno, Valse d’amour e Flexionando.

Os palestrantes são: Marcus Lobo (abordando o tema Corpo e Vídeo), Ruan Wills (Improvisação em Dança), Nirlyn Seijas (Questões Contemporâneas na Dança), Jônatas Raine (Gênero e Racialidade) e Marcelo Galvão (Dança e Imagem Digital).

O projeto, realizado inteiramente online, trará provocações sobre questões. “Como dançar a dois em tempos de isolamento social?” é um questionamento, com o objetivo de discutir e estimular criações para a sobrevivência da dança a dois durante a pandemia e o distanciamento físico.

Coletivo – O Casa 4 é um grupo de artistas, profissionais da dança, e que se tornou conhecido na Bahia e no Brasil por conceber ações para levar à superfície a temática gay, enquanto burilavam coreografias de agilidade e complexidade incríveis. O coletivo tem como proposta pesquisar abordagens contemporâneas nas danças de salão.

O Casa 4 (acima) levou a dança ao espetáculo Salão, apresentado na capital baiana e em palco de vários estados do país. A mais recente montagem do coletivo independente é Me brega – Baile, que estreou na Concha Acústica do TCA comovendo o público, antes do fechamento de espaços cênicos, por causa da pandemia de Corona Vírus.

O público do grupo é formado, sobretudo, por pessoas ligadas ao teatro/dança e/ou à comunidade LGBTQIA+. Seu discurso também reverbera nos trabalhos paralelos desenvolvidos por seus integrantes, que atuam em Escolas de Ensino Básico, Grupos de Idosos e Estúdios de Dança.

Serviço
Casa 4 pelos 4 cantos de Salvador – intercâmbio artístico-cultural com os grupos de valsa Amor Eterno, Valse d’amour e Flexionando
Quando: 18 de janeiro
Onde: Online
Quanto: Gratuito 
Inscrições a partir de quarta-feira, 13

Texto: Claudia Pedreira com informações da Ascom
Fotos: Divulgação

0 comentário em “Valsa com o Coletivo Casa 4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: