Destaques Terapia

Fisioterapia e microcefalia

Técnicas possibilitam a crianças a aquisição de habilidades para atividades motoras e a interação com o meio, prevenindo deformidades e contraturas e ajudando a fortalecer o sistema respiratório

Vamos falar um pouco hoje sobre a criança que nasce com microcefalia e o trabalho da fisioterapia. A microcefalia ocorre quando a cabeça de um bebê é  menor do que os parâmetros esperados, muitas vezes, devido ao desenvolvimento anormal do cérebro, decorrentes de infecção, desnutrição  ou exposição a toxinas.

Muito se falou de microcefalia com o aparecimento  do Zika vírus. Por ser uma lesão não progressiva no sistema nervoso central (SNC), resulta em desordens permanentes, como a capacidade de manipulação e de ambulação; reações  de proteção, equilíbrio e retificação.

Esses distúrbios motores podem vir acompanhados de distúrbios da sensação, da percepção, da cognição (atraso intelectual), comunicação (atraso de fala), surdez, cegueira, e distúrbios no comportamento.

A criança pode vir a apresentar também distúrbios musculoesqueléticos como contraturas, deformidades e episódios  de epilepsia. A fisioterapia é de extrema importância para minimizar as deficiências apresentadas e favorecer uma maior independência e autonomia, dando maior qualidade de vida para essas crianças.

Potencial – As técnicas se baseiam na capacidade  de aprender novas opções de movimentos (aprendizado motor), controlar o movimento em atividades funcionais (controle motor) e readquirir função motora após lesão do SNC (neuroplasticidade). O potencial da criança e a interação com o ambiente são fatores primordiais também. 

A fisioterapia vai possibilitar a aquisição  de atividades motoras e interação  com o meio, prevenir deformidades e contraturas e ajudar a fortalecer o sistema respiratório. As intervenções devem ser iniciadas nos primeiros meses de vida, pois o cérebro tem maior  plasticidade e receptividade aos estímulos até por volta dos 6 ou 8 meses após  o nascimento.

A estimulação  precoce deve respeitar a idade cronológica normal de obtenção  dos marcos motores. Não antecipando as etapas, pois o objetivo de adiantar  o desenvolvimento pode fazer surgir outros problemas neuropsicomotores.

Irma Soledade Guimarães. Fisioterapeuta formada pela Faculdade Integrada da Bahia. Atuante na área de ortopedia, neurologia e respiratória para crianças, adultos e idosos. Assim como na área de estética (drenagem linfática, massagem relaxante, terapêutica e redutora/modeladora). Experiência em intervenção precoce, psicomotricidade e autismo. No momento de pandemia, ênfase em reabilitação pulmonar para fumantes, ex- fumantes e Covid/Pós Covid. 55 71 98795-0819 @irmasoledade

2 comentários em “Fisioterapia e microcefalia

  1. Ricardo Sudá

    Completo e objetivo

    Curtido por 1 pessoa

  2. Maema Silva

    Exelente profissional. competente e bem preparada

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: