Cultura Entretenimento Notícias

Quarentona na quarentena

A atriz Andréa Elia atua em série de vídeos realizados durante a fase de isolamento social. O projeto é uma resposta à ameaça de ter sua atuaççao artística interrompida durante a crise. Esta nova “persona” libertária respondeu aos temores do confinamento com provocações dotadas de um humor reflexivo, em meio as dores de um cenário pandêmico.

Episódio 01 – A 40tona entra em cena.

A atriz Andréa Elia libertou a sua pulsão criativa produzindo vídeos autorias intitulados A 40tona na 40tena. A série conta com 19 videos. O convite chegou em abril, logo no inicio do decreto do isolamento pelo Covid-19, através da empresa Via Press Comunicação, que criou o Programa Bem que Cura. A atriz levou ao programa a força de um humor curativo, protagonizando diversas e divertidas personas de uma mulher acima dos 40 anos que, em meio ao isolamento fisico, parte para o encontro de si mesma.

Na cena virtual, videos de 01 m e 30s até 02 m e 30s gravados inicialmente sem efeitos de edição, contando essencialmente com a pulsação viva da atriz, envolvendo desabafos disparados num fluxo confessional. A personagem expõe e revela nuances do feminino, personagens que habitam o inconsciente de muitas pessoas, a estreia da 40tona surgiu de uma “dr” com o seu próprio pensamento, uma hora a 40tona é terapeuta de si mesma, em outro momento ela tenta meditar, por vezes bisbilhota a a vida dos vizinhos, faz corrente pra Santo Antonio, vive o sertão no São João de seu quarto e sala, resgata a natureza instintiva com sua india, perde-se nos labirintos gregos do seu proprio pensamento, ou devora uma panela de brigadeiro sem culpa, se imagina viajando Arca de Noé, tudo numa entrega tão intensa que provoca o imaginario de seus seguidores, arrancando risos e reflexões.

A atriz, ao validar seu ato criativo no cenário pandêmico se deslocando de sua caverna –  confinamento físico, para ousar-se em uma “dança criativa” nas redes sociais reafirma o papel da arte como recurso curativo, trazendo o calor da alegria em dias sombrios.

Sobre Andréa Elia – Bacharela em Direito pela Universidade Católica do Salvador, em 1986, Andréa Elia fez do Teatro a sua real tribuna. É uma empreendedora das Artes Cênicas, atuando há 30 anos como atriz, professora e diretora teatral.

Vencedora do Prêmio Braskem de Teatro, na categoria melhor atriz em 2010 pelo espetáculo “As Velhas” de Luiz Marfuz. Em 1995 foi vencedora do Concurso Melhor de 3 do Faustão, valendo um contrato com a Rede Globo.

Sua atuação se consolidou fora de Salvador com o espetáculo Divinas Palavras, um grande marco nos Festivais de Curitiba, Londrina, São Paulo e Recife. Ganhou projeção internacional atuando no espetáculo Kaô, que representou a Bahia em Moscou, Espanha e Portugal em 2001. Em 2010 celebrou 30 anos de carreira com o monólogo “A Caixa Não é de Pandora” com apresentações nos Festivais de Porto Alegre e Recife.  Interpretou Maria Madalena na Paixão de Cristo por 05 anos consecutivos, sob direção de Paulo Dourado.

Há vinte anos vem ministrando aulas para a formação em Teatro no Villa Campus de Educação, Acbeu e há dez anos no Grupo LM para o desenvolvimento pessoal de seus funcionários.

Texto: Redação com informações de Dóris Pinheiro
Foto: Divulgação

0 comentário em “Quarentona na quarentena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: