Destaques Esportes Notícias

Ginga de Angola

Mestre Cobra Mansa na África

A capoeira de Angola sempre despertou paixão entre os seus praticantes. Quem ama, ama. E enaltece o estilo de luta-dança cheio de manhas e malícia, comparando-o, em outro polo, à agilidade do estilo regional, propagado por Mestre Bimba. Para além das rivalidades de capoeiristas, agora, a balança pesa para um lado. Um rico acervo de informações e imagens recheia o livro Capoeira Angola – Ginga e Ancestralidade, que ganha lançamento no dia 12, quinta-feira, às do 18h, no Espaço Cultural Pierre Verger (Engenho Velho de Brotas). A entrada do público é gratuita.

Cinézio Peçanha, conhecido como Mestre Cobra Mansa – que faz doutorado no Programa Multi-Institucional em Difusão do Conhecimento da Ufba -, e os pesquisadores Eduardo Oliveira e Matthias Assunção, assinam os textos da publicação.

A obra foi idealizada para marcar os 20 anos da Fundação Internacional de Capoeira Angola (FICA), da qual Cinézio é um dos fundadores. Ele explica que o livro é uma homenagem a toda a ancestralidade contida na Capoeira Angola, “um tributo aos que vieram antes e aqueles que continuam a preservar a memória dessa manifestação nas suas mais diversas formas”. Depoimentos endossam este tributo, nas páginas da publicação.

Produzido pela produtora Barro de Chão, o projeto traz, em 244 páginas, um panorama sobre a Capoeira Angola, numa linguagem multimídia, com fotos históricas de Pierre Verger e autorais de fotógrafos como Aramaca, além de gravuras de Carybé, que ilustram e revelam o encanto da “vadiagem” no mais autêntico estilo angolano. 

Ao folhear o livro, os leitores são convidados, por meio de códigos QRs, a guiar sua descoberta com a trilha de toques da capoeira, ladainhas, além de assistir a vídeos e entrevistas exclusivas. O livro será distribuído gratuitamente em escolas públicas, bibliotecas e universidades.

Serviço
Lançamento do livro Capoeira Angola – Ginga e Ancestralidade e exposição fotográfica
Quando: 12 de março, quinta-feira, às 18h
Onde: Espaço Cultural Pierre Verger (Ladeira da Vila América, nº 18, Engenho Velho de Brotas
Ingresso: Entrada gratuita

Texto: Redação com informações da Ascom
Fotos: Divulgação

0 comentário em “Ginga de Angola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: