Break. Tradução: Quebrar. No universo da dança, o Break nasceu na cultura das ruas, integrando o conceito do hip hop cultivado por afro americanos e latinos, nos anos 1970. Daí se multiplicaram, pelo mundo, breakdancers, breakers, b-boys e b-girls. Os praticantes da dança que “quebra” o corpo, na Bahia, são muitos e de várias faixas etárias. Por isso, entre as novidades da programação da Batalha de Break do VIVADANÇA 2019, Workshops de Danças Urbanas, está sendo oferecida uma oficina para crianças.

O Workshop de Breaking Kids (OFICINA 01), com Ananias Break, é voltado para meninos e meninas que queiram aprender passos básicos de Breaking, ritmo e células coreográficas de forma lúdica. E no dia 28 de abril, os alunos poderão assistir a Batalha de Break com os melhores dançarinos Nacionais.

Ananias Break é educador, coreografo e dançarino, formado pela escola de dança da Funceb, membro do colegiado de Dança do estado da Bahia. Atua na área de produção cultural e direção artística. Militante e articulador do movimento hip hop Baiano. Idealizador das primeiras batalhas de Break em Salvador Coordena a Batalha de Break VivaDança no VIVADANÇA Festival Internacional.

Inscrições abertas – Voltados para todos os interessados no universo da dança no hip hop, os workshops do Vivadança estão com inscrições abertas, para a oficina de Ananias Break (BA), Gilvan Santos (MA), Popper Zoio (SP) e B.boy Mole (PE) e B.girl Guida (DF). Os valores para a participação são bem acessíveis. Quem participar de um workshop pagará R$10. O interessado em dois workshops pagará o valor de R$15. O valor para três workshops é R$20. Faça inscrição: https://docs.google.com/forms/d/1xNqXF7QDJEIlH4x8BwjoSErRloGDGvOVzX4iOrqVxgk/viewform?edit_requested=true

OFICINA 02 – Workshop de Krump
O Krump é uma dança que nasceu na década de 2000, no coração das favelas de Los Angeles, criado por Ceasare Willis (Conhecido como Tight Eyez). É uma das modalidades de danças urbanas. E apesar da sua aparência, ela representa a “vida” e toda a sua “diversidade”.
Os movimentos são realizados de forma muito rápida e a “raiva” que pode ser lida nos rostos dos krumpers, apenas reflete a intensidade do esforço por ser uma dança extremamente enérgica.
Na verdade, não há conflito físico entre os protagonistas. O indivíduo usa a arte para se expressar e lutar contra sentimentos de frustração, tristeza, arrependimento, entre outros, transformando sentimentos negativos em positivos! Gilvan Santos Outsider aka Yung Heat. (dançarino e coreógrafo) irá ministrar um Workshop de Krump Dance com o objetivo de aprimorar os fundamentos básico, Stomp, Chest Pop, Arm’s Swing e suas variações, seguido de uma coreografia em conexão com Hip-Hop Dance, trabalhando musicalidade e textura nos movimentos seguindo o fluxo de energia diferenciados em Bounce e Groove.

OFICINA 03 – Workshop de Popping
Serão aulas práticas com métodos próprios do dançarino e coreógrafo ZOIO, focando em contrações musculares, buscando vários pontos do corpo, poses e coordenação motora. B.Boy e também Popper o Dançarino Zoio é integrante da DynamicBreakers de 1992. Começou a dançar no fim dos anos 80 aos 13 anos, passando por várias danças urbanas e grupos importantes da época. Também é um dos coreógrafo da crew. Administra  trabalhos sociais e workshop. Bboy desde 1999, quando entrou na DynamicBreakers, passando por vários campeonatos no Brasil, conquistando títulos importantes, fazendo trabalhos em  TV, como no quadro Se vira nos 30, no Domingão do Faustão, ganhando por duas vezes. Participou do Se ela dança eu danço, no SBT, e, fora do Brasil, fez o Just Debout, na França.

OFICINA 04 – Workshop de Break
Serão aulas ministradas pela a B.Girl Guida e B.Boy Mole com os seguintes detalhes: exercícios, Top Rock, experiências, Vivencias e influencias de vida na Dança. Diretamente de Brasília, Ingrid Albuquerque Duarte conhecida como B.Girl Guida, nossa 1° Jurada é dançarina desde 2006, de Brasilia-DF. Integrante do Grupo WeCan do It Bgirls e FloorRiders, sempre buscando novas informações treinos diversos para crescer. Campeã Beat Bboys, Ocidental Battle, Mano a Mano, Abalo, BgirlStreme, Festival de Danças Urbanas Araguari. Participação no WeBgirls Brasil, Master Crews, Quando as Ruas Chamam.
B.Boy Mole começou a fazer parte da cultura Hip Hop em 2008, ao decorrer da caminhada começou outras formas de expressões corporais como: Dança contemporânea, Hip Hop Freestyle e atualmente faz parte do Grupo Ilumindance. Hoje uma de nossas identidades é o ato de ser livre
através da Dança, um espírito livre.

Serviço:

Breaking Kids com Ananias Break (BA) – dia 20 de abril (sábado), 14h às 15h
Krump com Gilvan Santos (MA) – dia 27 de abril (sábado), 13h30 às 14h40
Popping com Popper Zoio (SP) – dia 27 de abril (sábado), 14h40 às 16h
Breaking com B.boy Mole (PE) e B.girl Guida (DF) – 16h às 17h40
Local: Teatro Vila Velha

Vídeo: VIVADANÇA Comunicação
Publicado em 1 de jul de 2017. Série de depoimentos com pessoas do breaking, realizada pelo Vivadança em parceria com o diretor executivo de criação da BET/New York-USA, Kendrick Reid e os cineastas e empreendedores culturais Burt Sun e Guil Macedo (SP).
Fotos: Gabrielle-Guido_BatalhadeBreak_29-04-7396 (Destaque), Divulgação
Texto: Redação com informações do Vivadança

0 comentário em “Quebra-corpo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: