Destaques Esportes Notícias

Faltam poucas braçadas

Piscina que foi utilizada nas Olimpíadas 2016 já está montada no canteiro de obras da Arena Aquática de Salvador, na Pituba. Inauguração deve acontecer em novembro

blog Claudia Pedreira
camera Claudia Pedreira, foto ilustrativa e acervo Cell

Impossível não dar uma espiada nos vazios entre os tapumes que cercam a obra na orla da Pituba, onde antes existiu o Clube Português. Ali já foi montada, peça por peça, uma piscina com 50m x 25m, que chegou do Rio de Janeiro com rica biografia: nela deram braçadas grandes nomes da natação internacional, durante as Olimpíadas 2016. De acordo com informações da Ascom da Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer – Semtel, “a previsão é que o Centro Aquático seja entregue em novembro de 2018”.

A reportagem foi conferir o canteiro de obras e apurou o que falta para a finalização do projeto. Além da piscina olímpica, o projeto ainda vai incluir uma piscina menor, arquibancadas e uma estrutura administrativa. A partir de parceria da Prefeitura com a Federação Baiana de Desportos Aquáticos a expectiva é atender, após a abertura oficial, um público médio de 2.500 crianças e adolescentes, além de pessoas de outras faixas etárias, especialmente da melhor idade.

A obra na Pituba absorve um investimento de R$1,2 milhão. A cessão do equipamento é fruto de um acordo de cooperação técnica entre o município, a Aeronáutica (responsável pela aquisição), o Ministério dos Esportes (que definiu quatro cidades do país que receberiam as doações) e a Myrtha Pools, fabricante italiana da peça e responsável pela montagem. A Arena integra a esfera da requalificação da Praça Wilson Lins e efetivamente irá gerar novas gerações de amantes da natação.

Benefícios – Com ídolos como o medalhista olímpico baiano Edvaldo Valério, a natação é uma prática esportiva saudável para todas as idades, pois condiciona o corpo, promove perda calórica e promove bem estar. Sem impacto, proporciona equilíbrio muscular, melhora a postura e a capacidade aeróbica e estimula a circulação.

Natação - Gratuito

“A natação é excelente para qualquer idade”, analisa o professor João Alberto Santo Lima Júnior. “A qualidade de vida que ela dá às pessoas é excelente, porque trabalha corpo, mente e respiração”, conclui. Ele atualmente dá aula somente em escolas particulares, mas já ensinou alunos a nadarem no Porto da Barra, cujo mar tranquilo remete à ideia de uma piscina.

Por longas décadas, muitos praticantes de natação da capital baiana encontravam preços acessíveis de aulas na piscina olímpica da antiga Fonte Nova. Quando Salvador foi aceita como cidade-sede da Copa Mundial de 2014,  um novo projeto arquitetônico exigiu uma pista de atletismo, que passou a ocupar o local onde funcionava o polo aquático e o Ginásio Esportivo Antônio Balbino.

Detalhes – Em 2016, o governo inaugurou a primeira etapa da nova Piscina Olímpica da Bahia, no Bonocô. A abertura oficial contou com presenças como a da paratleta e medalhista olímpica Verônica Almeida. “É realmente impressionante a qualidade dessa piscina, pensada nos mínimos detalhes e que são iguais ou melhores a piscinas de outros países onde já competi”, destacou a ela.

Piscina Olímpica da Sudesb2
Nova Piscina Olímpica da Bahia,  montada de acordo com padrões internacionais de competição e que oferece aulas gratuitas

Nas duas primeiras etapas das obras realizadas, foram investidos R$15 milhões. O equipamento esportivo também inclui uma piscina semiolímpica, que pode receber competições menores e aquecimento dos profissionais em competições. Anualmente a Sudesb – Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia disponibiliza 2.400 vagas em aulas de natação e hidroginástica.

Jovens de 7 a 17 anos, do ensino público fundamental e médio, formam o público alvo das aulas de natação gratuitas. Já as aulas de hidroginástica são oferecidas para pessoas a partir de 60 anos. As aulas também acontecem no CSU do Nordeste de Amaralina, no Centro Pan Americano de Judô (Ipitanga/Lauro de Freitas) e no prédio do antiga FLEM, no Centro Administrativo da Bahia. As vagas são bem disputadas, a cada ano. Para quem não entra na competição, existem várias opções de escolas onde é possível investir no prazer da natação.

Onde aprender e treinar

Cell – (71) 3248-9679
Fluir – (71) 3354-4939
Academia Estação Atlética – (71) 3451-4444
Academia Vidativa – (71) 3271-0044
ACEB – Associação Cultural e Esportiva Braskem – (71) 3342-1916
Escola de Natação Medley – (71) 3460-4357
Acqua Azul – (71) 3386-6939
Alpha Fitness – (71) 3272-4966
Classica Academia – (71) 98202-3326
Clube de Natação e Regatas São Salvador C.N.R.S.S (71) 3313-6572
Villa Forma Academia – (71) 3334-9633
Academia House Fitness – (71) 3358-3003
Infinity Academia – (71) 3038-8000
Academia Bonanza Fitness – (71) 3233-7212
Bios Saúde Reabilitação e Qualidade de Vida – (71) 3183-2000
Bodytech – Shopping da Bahia – (71) 3450-1832
Belaforma Fitness Club – (71) 3244-8016
Academia Bella Vita – (71) 3506-7416

 

Cell
O professor Luiz Lopez, com a pequena e sorridente Luiza, no Cell

*Inclua outras opções de natação, de qualquer localidade, no espaço de comentários do final da matéria

0 comentário em “Faltam poucas braçadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: