Video

Hand Surf – o Jacaré, evoluiu!

Deslizar apenas com o corpo servindo como prancha, sentir o atrito constante da onda sobre a pele, criando um campo de energia único, que impulsiona o espírito, a liberdade de movimentos espontâneos, instintivos.
Por ser praticado sem nenhum objeto entre o corpo e a água, sinto essa modalidade de esporte náutico, como a que mais nos aproxima da Mãe d’água, nos colocando como parte integrante do ciclo vivo do oceano, expressado sobre bancadas de areia ou corais, na mais bela forma da natureza….. A ONDA.
Fluir acelerando o corpo por dentro do “TUBO” gerado no encontro da onda com a bancada, a beira mar, o “SILÊNCIO ENSURDECEDOR” sentido quando todo seu corpo é envolto pela água, remete a sensação de estar de volta ao útero materno.
Praticado antigamente apenas com o corpo, sem nadadeiras ou palmares, não se sabendo com certeza a sua origem, mas a partir da década de 60, no Havaí, foi criado com uma prancha de mão mais leve e compacta, que dava a possibilidade de manobrar o corpo sobre a onda.
Hoje, com o uso de nadadeiras (pé de pato) específicas, fabricadas com formas que dinamizam sua utilização, e a fabricação de pranchas de mão, o HAND BOARD (palmares) cada vez mais leves e resistentes, esse antigo esporte tem voltado a reunir praticantes experientes com iniciantes, com campeonatos sendo realizados em vários estados do país, como Bahia, Alagoas, Rio de Janeiro, dentre outros.
Uma grande vantagem dessa prática tem a ver com seu deslocamento para os locais de difícil acesso em praias, pouco usados por praticantes de outras modalidades de surf, devido a distância e muitas vezes ao perigo de ondas rasas para pranchas normais de surf, por ser usado para a prática do Hand Surf apenas um par de nadadeiras, e uma pequena prancha ou palmar, que pode ser colocado em uma mochila e levado a qualquer lugar.
Se não tem a prancha nem a nadadeira, não tem problema…
É só se colocar na beira d’água em praias com ondas, esperar o momento certo, e deslizar o corpo nessa incrível experiência.

blog Dalton Vinhaes Dantas
@daltonvinhaes

3 comentários em “Hand Surf – o Jacaré, evoluiu!

  1. Elaine Araújo

    Parabéns pela matéria Dalton Vinhaes. Bateu uma louca vontade de ir ao encontro do mar, para ter essa gostosa experiência.
    Sucesso à toda equipe do site.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Boa matéria campeão! Expressou bem a mais simples experiência de surfe com o corpo. Aloha.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: