Destaques

Aulão Beneficente da Funceb segue até novembro

 

São tantos os gêneros de dança, que vale a pena experimentar com qual a gente mais se identifica, quando uma boa oportunidade aparece! A programação 2018 dos Aulões Beneficentes da Escola de Dança da Funceb, vem tendo, desde julho, uma dição a cada sábado, sempre às 13h. E é uma grande chance para se degustar um pouco do conteúdo de vários professores dos Cursos Livres da instituição, que fica na Rua da Oração, nº 1, Pelourinho). O ingresso é um quilo de alimento não perecível, que é doado a instituições de caridade.

15027935_1143134672434377_6705360652783424142_n

A próxima edição do projeto acontece no dia15 de setembro, com o professor Danilo (Swing Baiano). Em seguida vem, no dia 22, Aldren Lincoln (Dança e Tecnologia), e Júnior Oliveira, no dia 29 (Jazz Dance). Em outubro tem  Camila Saraiva (Dança do Ventre e Fusões Tribal – BellyFusion), no dia 20, e Rita Carneiro (Dança do Ventre, foto), no dia 27. A programação do ano se encerra no dia 10 de novembro com aula de Sivaldo Tavares (Dança Moderna).

Os Cursos Livres da Escola de Dança da Funceb são desenvolvidos no horário noturno da instituição atrelada ao Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação.

Serviço: 

Aulões Beneficentes 2018

Quando: aos sábados, até 10 de novembro, às 13h

Onde: Sala 1 da Escola de Dança da Funceb (Rua da Oração, nº1, Pelourinho)
Ingresso: 1kg de alimento não perecível

 

0 comentário em “Aulão Beneficente da Funceb segue até novembro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: